sexta-feira, 19 de março de 2010

Associação Atlética Francana


Nome: Associação Atlética Francana
Alcunhas: Feiticeira, Veterana
Mascote: Feiticeira
Fundação: 12 de outubro de 1912 (97 anos)
Estádio: Lanchão
Capacidade: 15.100 pessoas
Presidente: José Servino Braga
Treinador: Silva Rossato

A Associação Atlética Francana é um clube brasileiro de futebol da cidade paulista de Franca. Atualmente disputa a Série A3 (Terceira Divisão) do Campeonato Paulista.

Usa o Estádio Municipal Dr. José Lancha Filho, mais conhecido por Lanchão, que tem capacidade para 15.100 pessoas. Seu campo é o "Coronel Nhô Chico", que atualmente é utilizado para as categorias de base. A Francana teve grandes jogadores, como Assis, ídolo do Fluminense e o goleiro, hoje técnico, Geninho.

História

A Associação Atlética Francana foi fundada no dia 12 de outubro de 1912 por David Carneiro Ewbank, Homero Pacheco Alves e Beneglides Saraiva.

O terreno onde até hoje funciona a sede social do clube foi doado no final dos anos 1910 pelo Cel. Francisco de Andrade Junqueira, o "Nhô Chico". O Estádio da Bela Vista foi inaugurado em 1922 e foi onde a Francana sediou as partidas até 1969, quando foi construído o Estádio Municipal, que leva o nome do médico José Lancha Filho, então prefeito de Franca e que em 2005 assumiu a presidência do clube. O estádio "Nhô Chico", como é conhecido o Estádio da Bela Vista, atualmente não é utilizado para comportar partidas de futebol, pois não tem estrutura para suportar tal evento, no entanto, sua fachada faz parte do patrimônio histórico da cidade de Franca e não pode ser modificada.

Em campo, o primeiro título da "Veterana" foi de campeão da Alta Mogiana, em 1923, quando derrotou o Botafogo de Ribeirão Preto em duas vitórias em dois jogos emocionantes: 2 a 1 em Franca e 3 a 2 em pleno Estádio Luís Pereira, na Vila Tibério, em Ribeirão Preto.

Em 1948, a Francana começou a sua trajetória no futebol profissional no primeiro campeonato da Divisão de Acesso da Federação Paulista de Futebol. O time era memorável: Marreco; Antero e Amauri; Tutti, Gonçalves e Eca; Tim, Tidão, Tonho Rosa, Luisinho e Canhotinho. No primeiro campeonato, ficou em terceiro lugar. Quem subiu foi o XV de Piracicaba.

Após várias tentativas, finalmente a Francana obteve o acesso para o Campeonato Paulista. No dia 4 de dezembro de 1977, a Veterana derrotou o Araçatuba por 2 a 0, com gols de Zé Antônio e Antenor. O time esmeraldino era formado por Geninho, Gasparzinho, Boca, Zé Mauro e Eraldo; Renê, Zé Antônio e Marinho; Antenor, Assis e Delém. No dia seguinte à histórica vitória, o então prefeito de Franca, Maurício Sandoval Ribeiro decretou feriado municipal para que a população pudesse fazer a festa nas ruas da cidade.

A Francana disputou os Campeonatos Paulistas de 1978 até 1982, quando foi rebaixada. Neste período, destacam-se vitórias históricas contra o São Paulo (2 a 0), em pleno Pacaembu, em 1978. No ano seguinte, também no Pacaembu, a Veterana venceu o Corinthians por 1 a 0 diante de mais de 40 mil torcedores corintianos atônitos, no dia 22 de agosto de 1979. A última participação na Primeira Divisão foi no dia 8 de dezembro de 1982, na vitória por 3 a 1 contra o Santos em plena Vila Belmiro. Atualmente, a Francana disputa o Campeonato Paulista da Série A-3, depois do rebaixamento em 2005.

A Francana conseguiu o acesso para a série A-1 em 1977, após vitória sobre o Araçatuba por 2 a 0. O clube permaneceu 5 anos na elite do futebol paulista, rebaixando então em 1982. Foi rebaixada em 2005, para a série A-3, onde se situa até hoje.

O clube também disputou o Campeonato Brasileiro de 1979, sendo eliminado ainda na primeira fase. Em 1996, caiu na semi-final do Campeonato Brasileiro da Série C, perdendo para o Sampaio Corrêa.

Títulos

Estaduais

Campeonato Paulista - Série A2: 1977.
Vice-Campeonato Paulista A2: 2002.
Vice-Campeonato Paulista A3: 1996.

Ranking da CBF

Posição: 134º
Pontuação: 40 pontos

Nenhum comentário:

Postar um comentário