segunda-feira, 26 de abril de 2010

Brasiliense Futebol Clube de Taguatinga


Nome: Brasiliense Futebol Clube de Taguatinga
Alcunhas: Jacaré, Ense
Mascote: Jacaré
Fundação: 1 de agosto de 2000
Estádio: Boca do Jacaré
Capacidade: 30.000 pessoas
Presidente: Luís Estevão
Treinador: Roberto Fernandes


Brasiliense Futebol Clube é um clube de futebol brasileiro, sediado em Taguatinga, cidade-satélite de Brasília, Distrito Federal. O dono do time do Brasiliense é o ex-senador do Distrito Federal, Luís Estêvão, também dono de um conglomerado de empresas conhecido como Grupo OK. Foi fundado em 2000 e, com apenas 2 anos de existência, conseguiu chegar à final da Copa do Brasil de 2002. É o detentor do maior número de títulos estaduais consecutivos no Centro-Oeste com 6 títulos ganhos entre 2004 e 2009. O clube é conhecido pelo seu apelido de "Jacaré" suas cores são o verde, o amarelo e o branco.


História


O Brasiliense foi fundado em 1 de agosto de 2000 e, em seu primeiro ano de existência, já foi campeão, vencendo a Segundona Candanga.


Em 2001, disputou a final do Campeonato Brasiliense de Futebol, perdendo a final para o Gama. Em 2002, mostrou sua força, sendo vice-campeão da Copa do Brasil, após eliminar equipes como o Atlético Mineiro e Fluminense, e perdendo a final para o Corinthians. No mesmo ano, sagrou-se campeão do Campeonato Brasileiro de Futebol - Série C


Em 2003, perdeu a final do Candangão novamente para o Gama e chegou na Segunda Fase da Série B, sendo eliminado na mesma. 2004 foi o ano mais feliz da torcida amarela, quando o time conquistou seu primeiro título estadual vencendo os 2 turnos e, em seguida, sagrando-se campeão da Série B após liderar a primeira fase, na segunda se classificar no sofrimento juntamente com o Fortaleza, e no quadrangular decisivo conseguiu grandes resultados como o 1 x 0 contra o Fortaleza que garantiu o acesso com o estádio Serejão lotado para ver aquela partida, e na seguinte venceu o Bahia, em plena Fonte Nova, por 3 a 2, frustrando, assim, o sonho do Tricolor Baiano de voltar à elite na última rodada e garantindo o inédito título brasileiro da Série B para o Jacaré, que garantiu o caneco assim como o Gama em 1998 e colocou o futebol de Brasília na Série A após 3 anos sem representantes.


Em 2005 foi bicampeão do Campeonato Brasiliense de Futebol, e em seu primeiro ano na elite do futebol, decepcionou e, com o 22° lugar, voltou para a Série B.


Em 2006, conquistou o tricampeonato do Distrito Federal, após empatar com o Gama, no Estádio Mané Garrincha, em 0 a 0. Na Copa do Brasil, foi eliminado pelo Santos, após perder por 2 a 1 e empatar por 1 a 1. Na Série B do Brasileiro, ficou em 8º lugar.


Em 2007, foi novamente campeão estadual e conseguiu uma grande campanha na Copa do Brasil, eliminando Barra-MT, Juventude, Cruzeiro, Ipatinga e parando no Fluminense, que seria o futuro campeão, após perder de 4 a 2 e empatar em 1a 1. Após iniciar bem a 2ª divisão nacional, acabou caindo graças às contratações que não deram certo de jogadores e treinadores e terminou apenas no 9° lugar.


Em 2008, foi pentacampeão do Candangão, após bater o Esportivo Guará por 4 a 0, no CAVE, e igualou o feito do rival Gama, que também foi pentacampeão seguido no DF. No Brasileirão da Série B, terminou em 14° lugar, após um 1º turno horrível e com uma ótima campanha no 2º turno, quando conseguiu se manter na Série B após derrotar o Vila Nova-GO por 2 a 0, no Serejão.


Em 2009, após grande campanha na primeira fase e na segunda do candangão, nas quais se tornou líder, e a final foi disputada contra o Brasília (segundo maior campeão do DF) que voltava a uma final após vários anos, que foram marcados por rebaixamentos e tristezas. No primeiro jogo no Estádio do Cave (Guará), que estava muito cheio, o Brasiliense conseguiu a vitória de virada por 2 x 1, já no jogo decisivo no Serejão, o time venceu por 2 a 0 e se sagrou hexacampeão candango, ultrapassando o arqui-rival Gama, que tinha 5. Na Copa do Brasil, o time avançou até a segunda fase, quando foi eliminado pelo Goiás com duas derrotas (de 1 a 0 e 4 a 1). Esteve na disputa do Brasileiro da Série B, iniciado em maio e em disputa até novembro de 2009,quando terminou na 14ª posição com 48 pontos.


Em 2010, ano em que completa dez anos, o presidente do clube, Luiz Estevão, promoveu mudanças estruturais no clube. Além do Centro de treinamento previsto para ser inaugurado no fim do ano, convidou a jornalista Nathália Mendes (ex-Jornal de Brasília) para assumir a assessoria de imprensa, algo inédito até então no clube.


Títulos


Nacionais


Campeonato Brasileiro - Série B: 2004
Campeonato Brasileiro - Série C: 2002


Estaduais


Campeonato Brasiliense: 6 vezes 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009
Campeonato Brasiliense - 2ª Divisão: 2000
Campeonato Brasiliense de Juniores: 7 vezes 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009


Escudo


Primeiro( somente em 2000 ):Usado no ano de sua fundação, apresentava no centro a cruz do brasão do Distrito Federal,e um símbolo nos quatro lados: a estatua dos candangos no lado superior esquerdo, uma bola no lado inferior esquerdo, a silhueta do brasão do DF no superior direito, e um avião no inferior direito.


Segundo( 2001-2006 ): Usado até o final de 2006, não mudou muito para o atual, estava escrito Brasiliense F.C. e o desenho de um jacaré com uma bola no pé e fazendo sinal positivo, do seu lado uma cruz símbolo do Distrito Federal e a estátua dos candangos,na paste inferior uma faixa escrito Brasília-DF.


Terceiro( 2007-presente ): Usado de 2005 até hoje, parecido com o segundo, está escrito Brasiliense F.C.T. na parte superior um gradiente amarelo escuro e amarelo claro no fundo e um jacaré fazendo sinal positivo no centro, na parte inferior,uma faixa escrito Taguatinga-DF.


Torcidas Organizadas




  • Torcida Facção Brasiliense


  • Torcida Jacaré-Net


  • Torcida Febre Amarela

Rivalidade


Tornou-se o grande rival de outro clube do Distrito Federal, o Gama, a qual duela desde 2001. São os clubes do Distrito Federal que vem disputando competições a nível nacional, disputando frequentemente o Brasileirão da Série B, o Gama foi rebaixado em 2008. No confronto geral, o Jacaré possui 13 vitórias contra 12 do rival alvi-verde.


Ranking da CBF


Posição: 67º lugar
Pontuação: 241 pontos