sábado, 10 de abril de 2010

Esporte Clube Flamengo( Piauí)


Nome: Esporte Clube Flamengo
Alcunhas: Mengão, O Mais Querido
Torcedor: Flamenguista do Piauí, Rubro-Negro
Mascote: Raposa
Fundação: 8 de dezembro de 1937
Estádio: Albertão
Capacidade: 44.200 pessoas
Presidente: José Everaldo Cunha
Treinador: José Fernando Polozzi

O Esporte Clube Flamengo é um clube de futebol brasileiro com sede na cidade de Teresina, no Estado do Piauí. Suas cores são vermelho e preto.

História

O Flamengo foi fundado a 8 de dezembro de 1937, pelo senador Raimundo Melo de Arêa Leão, filho do senhor de engenho e vice-presidente da província do Piauí, Raimundo de Arêa Leão. Com apenas dois anos de existência já se tornara campeão piauiense sob o comando da Federação Piauiense de Futebol.

Nos anos 40, o rubro-negro cresceu no futebol piauiense, tendo como time base a seguinte formação: Morcego; Jonas e Joca; Pedro Nonato, Ferreira e Raimundo Antônio; Mirco, Zé de Urso, Manula, Cairara e João Pedro.

Em 1942, 1943 e 1944 veio o primeiro tricampeonato. Na década de 50 houve uma crise administrativa e o Flamengo parou por algumas temporadas, para voltar apenas em 1959, foi o período em que seu arqui-rival, River Atlético Clube conquistou a hegemonia do futebol piauiense.

Em 1963 foi implantado o profissionalismo no futebol piauiense e no ano seguinte Jesus Elias Tajra assumiu a presidência do Flamengo decidido a mudar os rumos do futebol do Estado, dominado até então pelo River.

O novo presidente formou um grande time, à base de jogadores cearenses, dirigidos pelo técnico Vicente Trajano, e ganhou o Campeonato com a vitória de 2 x 0 sobre o River, gols de Salvador e Mano. O time campeão era formado com Chiquinho; Maneca, Jonas, Brito e Ronaib; Mariano e Macalé; Maçarico (Barbosa), Mano, Paulinho e Salvador. No ano seguinte o Flamengo foi bi-campeão piauiense, novamente derrotando o River nas finais por 2 x 1 e 3 x 2 (com o famoso gol de Gringo aos 45 do segundo tempo). Nas finais do campeonato o próprio Presidente Jesus Elias Tajra assumiu a direção técnica da equipe.

Vencidos os dois campeonatos e interrompida a longa jornada de títulos do River, o Flamengo voltou a ser um grande clube no futebol piauiense, inaugurando a fase de rivalidade com o River e abrindo novos caminhos para o futebol do Piauí.

Desde então, o Flamengo nunca mais parou de competir. Teve maus momentos em campeonatos, mas somou mais títulos de campeão piauiense em sua história como o segundo tricampeonato estadual de 1986, 1987 e 1988 (sob a presidência de Avelino Neiva). Após a conquista de 1988, na final com o 4 de Julho, o rubro-negro ficou 14 anos sem ser campeão até vencer o Parnaíba na decisão de 2003, sob a presidência de Robert Braw, por 4 x 2 no Estádio Albertão.

Em 2001, consegue chegar até as oitavas de final da Copa do Brasil, eliminando o Sport Club do Recife dentro do seu estádio na Ilha do Retiro em Pernambuco. Por esse feito, é o clube piauiense que até hoje possui melhor desempenho na Copa do Brasil.

Nos anos seguintes, 2002 e 2003, conseguiu passar da primeira fase da competição ao eliminar o Independente do Amapá e o Corinthians Alagoano, respectivamente.

Em 2007, pela primeira vez em sua história foi rebaixado para a segunda divisão estadual. Através de uma manobra inédita, o certame da segunda divisão foi disputado no mesmo ano. Porém, o clube, detentor de dezenove títulos estaduais, permaneceu na segundona estadual devido a uma campanha irregular na competição. Contudo, já no final do ano de 2008, o Flamengo conquistou três taças: O Campeonato Sub-l8, a decisão de vaga para a Copa do Brasil contra o Picos e a disputa dos 60 Anos de Rivengo.

Em 2009 o Flamengo sagra-se campeão piauiense por antecipação, conquistando o primeiro e o segundo turno da competição. Na final do returno, outra vez frente ao 4 de Julho do artilheiro França, o rubro-negro de Teresina vence a primeira partida por 1 x 0 na capital piauiense, e a segunda, disputada em Piripiri, precisando apenas de um empate, triunfa novamente pelo placar de 1 x 0 com gol de Michel aos 49 minutos da etapa complementar. Com isso, o Flamengo tem sua vaga garantida na Copa do Brasil 2010 e a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro de 2009.

Ainda em 2009, no segundo semestre, o Flamengo conquista o bicampeonato da Copa Piauí, ao vencer, novamente, a Sociedade Esportiva Picos na final, pelo placar de 2 x 1, com gols de Roni e Binha (este último aos 46 minutos do 2° tempo). o Flamengo jogou com Herivélton; Tote, Marcelo, Alessandro e Igor (Finha); Binha, Luciano, Zuza e Antônio Carlos (Marcelo Sá); Niel e Rone. Técnico: Wálter Maranhão.

Novamente o Flamengo garantiu sua vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro que acontecerá em 2010. A campanha realizada pelo rubro-negro piauiense no torneio foi incontestável: o time foi campeão invicto, com 9 vitórias e 4 empates, teve o artilheiro da competição (o centroavante Roni), o melhor ataque (32 gols) e a melhor defesa (7 gols sofridos), nenhum atleta expulso. Com isso, a raposa fecha 2009 sustentando uma invencibilidade de 26 jogos em terras piauienses, o que lhe fez merecer o epíteto de Campeão Arrastão do ano.

Para a disputa da Copa Brasil de 2010 o atual campeão piauiense recentemente contratou o centroavante Jardel, goleador de origem cearense, ex-jogador da Seleção Brasileira que ficou famoso por seus habituais gols de cabeça e que em Portugal obteve a incrível média de 130 gols em 125 jogos atuando pelo Porto e 53 gols em 49 jogos pelo Sporting. Apesar de ter se destacado no Brasil jogando no Grêmio e no Vasco, Jardel assumiu em uma entrevista para o jornal Globoesporte do Piauí, que sempre foi torcedor do Flamengo carioca e que seu coração agora é duas vezes Flamengo.

Torcida

É tradicionalmente o clube de maior torcida do Estado. As torcidas organizadas mais conhecidas são a "TUF" (torcida uniformizada do Flamengo), a "Flamor", a "Fiel Rubro-Negra" (que surgiu esse ano, o nome homenageia um trecho do hino do clube e tem a pretensão de ser a maior torcida organizada da equipe e do Estado), a "Flaraposa" (em alusão ao mascote do clube que é uma raposa), a "Flagaita" (que tem esse nome por utilizar uma gaita barulhenta, feita de buzina de caminhão a base de ar comprimido para motivar o clube durante seus jogos, é uma engenharia que foi inventada na década de 50 por um famoso torcedor eletricista, já falecido, conhecido como "Papagaio da Buzina") e a quase extinta "Flagiant", a primeira torcida organizada do Estado do Piauí.

Títulos

Estaduais

Campeonato Piauiense: 19 vezes 1937*, 1938*, 1939*, 1942, 1943, 1944, 1947, 1964, 1965, 1970, 1971, 1976, 1979, 1984, 1986, 1987, 1988, 2003 e 2009
* - LPST, Liga Piauhyense de Sports Terrestres
Copa Piauí: 2 vezes 2008 e 2009
Torneio início: 10 vezes 1961, 1965, 1967, 1968, 1970, 1973, 1979, 1985, 1991 e 1999

Outras conquistas

Taça Estado do Piauí: 1970.
Torneio Governador Alberto Silva: 1973.

Participação em campeonatos nacionais

Campeonato Brasileiro - Série A: 1976, 1977, 1978, 1980, 1985
Taça Brasil: 1965, 1966, 1976
Copa do Brasil: 1989, 1995, 1999, 2001, 2002, 2003, 2004, 2009, 2010
Campeonato Brasileiro - Série B: 1971, 1972, 1981, 1989
Campeonato Brasileiro - Série C: 1992, 1995, 2000, 2003
Campeonato Brasileiro - Série D: 2009, 2010

Ranking da CBF

Posição: 116º
Pontuação: 59 pontos