quarta-feira, 28 de abril de 2010

Nacional Atlético Clube (Patos)


Nome: Nacional Atlético Clube (Patos)
Alcunhas: Canarinho do Sertão, Verdão Maravilha
Fundação: 23 de dezembro de 1961

Estádio: José Cavalcanti
Capacidade: 12.000 pessoas
Presidente: José Ivan dos Santos
Treinador: Marcus Nascimento

História

O Nacional foi fundado no dia 23 de dezembro de 1961, por funcionários federais da cidade, notadamente dos Correios e Telégrafos. Suas cores iniciais eram o verde e o amarelo, posteriormente mudando para os atuais verde e branco.

Os primeiros times do Nacional foram amadores e compostos por funcionários federais, sob a liderança de José Geraldo Dinoá Medeiros, considerado seu fundador e que foi seu primeiro Presidente; depois houve a abertura para atletas não funcionários, embora amadores. Profissionais só começaram a ter vez quando surgiu a possibilidade do clube de ingressar no Campeonato Paraibano. Os atletas, embora sem registro, passaram a receber salários e cumprir programação sistemática de treinamento.

Os primeiros jogos do Nacional foram realizados no velho campo do Colégio Estadual(a 1ª partida oficial foi contra o Botafogo de João Pessoa e o resultado foi uma derrota de 5 a 1 com o primeiro gol da história do Nacional marcado pelo centro-avante Espedito do Correio). Logo, passou a jogar no Estádio "Zé Cavalcanti", que registrou, em sua inauguração em 1964, a vitória do Nacional sobre o Esporte de Patos pelo placar de 2 a 1.

Em 1965, o Nacional participa pela primeira vez do Campeonato Paraibano. Em 1970, abandonou o campeonato no meio e foi punido com multa alta e um ano de suspensão. Ficou de fora em 1971 e voltou em 1972, com um plantel caseiro, barato e homogêneo: foi o tempo dos famosos "moleques da Rua da Baixa".

Em 2007, após uma campanha impecável, foi campeão paraibano pela primeira vez em sua história. No 1º turno, faturou contra o Sousa. Na final, derrotou o Atlético de Cajazeiras. Perdeu fora de casa por 2x1 e goleou o adversário em Patos por 3x0.

No ano seguinte, disputou a Copa do Brasil, sendo eliminado na primeira partida pelo Internacional por 4x0. Em 2009, em mais uma oportunidade no torneio, e perdeu de 1x0 e 3x1 para o Fluminense.

Títulos

Estaduais

Campeonato Paraibano: 2007.
Vice-Campeonato Paraibano: 5 vezes 1978, 1989, 1990, 1991 e 2005)
Copa Paraíba: 2008

Outras Conquistas

Torneio Incentivo: 5 vezes 1977, 1978, 1979, 1980 e 1981

Ranking da CBF

Posição: 188º
Pontuação: 16 pontos